01 dezembro 2006

Mar de Minde II

Minde-Online

Do gesto simples de termos vindo a divulgar algumas informações sobre a n/ Mata de Minde, que está a ficar conhecida nos meis náuticos por Mar de Minde, começam a surgir feedbacks de muita gente interessada em nos visitar para a prática da canoagem. Saber mais »»»

9 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Perante esta beleza e a melancolia que se apoderou do tecido empresarial que tal o lançamento da marca "Mar e Serra de Minde?
Que tal uma campanha de reconstrução do velho casario em ruínas?
Que tal a oferta de pequenas casas para os amantes da natureza passarem uns dias? Pagando, claro!
Que tal lançar festivais de gastronomia, de música, de teatro, de canções do Minde antigo?
Que tal voltarmos às nossas raízes e colocarmos no mercado turístico o que temos de melhor?
Com Fátima tão perto ainda podíamos oferecer ao turismo religioso a vertente do turismo de aventura, da natureza, enfim ...tanta coisa para fazer!
Falo disto muitas vezes com alguns familiares e acho que não é nenhuma utopia!
Gosto sempre de ver a Mata!
Mesmo sem água!
Bela fotografia!

pm disse...

Lindo Comentário, Rosa.
Agora só falta mãos à obra. Aqui reside o problema. Competiria e compete às autarquias lançar, apoiar e promover este tipo de iniciativas, só que... é aquilo que nós sabemos. Nenhum dos nossos autarcas está lá para desenvolver o concelho. Estão lá para se desenvolverem a eles próprios.
Mas vamos tentando fazer algumas coisas. Falar já é um sinal positivo.
Cumprimentos e um bom fim-de-semana,
PM

vmcs disse...

Boa noite Pedro

Criei uma secção no Portal Minderico chamada Polje de Minde-Mata.

Mais uma vez me vou servir de material teu para colocar lá.

Espero que não me processes por ususpar direitos de autor.

Esta moça, A Roisa dos Ventos tem toda a razão. Vamos começar a trabalhar nisto?

Tenho algumas ideias. Tu terás outras ... mais terão mais ... o PCP/Minde anda a tratar de qualquer coisa - ainda não descobri o quê ... temos de dar as mãos nisto - qualquer dia terá que se fazer uma reunião com alguns interessados. Fica aqui o desafio.

PS: Temos de meter nisto a pista de parapente, grande sonho do João Formiga.

vmcs

Rosa dos Ventos disse...

Claro!
Não esquecer o para-pente inserido num mais vasto "parque-aventura"!

Anónimo disse...

Há, de facto, muita coisa que pode ser feita para dinamizar Minde, para além do que aqui já foi dito sobre a Mata, Parapente, canoagem, etc.Quando fui Vereador lancei, várias vezes, a ideia de se organizar um Festival de Bandas. As minhas sugestões nunca foram atendidas, por razões conhecidas, mas acho que era uma ideia que tinha pernas para andar. Porque não continuar com a ideia das tasquinhas, usurpada pela sede do Concelho? E as Marchas Populares? E uma exposição, anual ou bienal de pintura, onde, para além de outros artistas convidados, se daria um destaque especial aos artistas Mindericos?
E uma semana de Escultura da pedra, desde que as obras criadas não vão parar todas à sede do Concelho?
João Alberto Coelho

pm disse...

As idéias estão a surgir, o que já é alguma coisa. O pior é quando chega a hora da verdade. E não falo só pelos apoios da autarquia. Falo da participação das colectividades, onde há sempre um pé atrás e um certo sentimento de inveja (será a palavra certa ?) por a idéia não partir no seio das mesmas, e pouca colaboração da sociedade civil.
Falo por experiência própria, mas estou sempre disposto a colaborar empenhadamente.

vmcs disse...

Olá, boa noite

Li atentamente os anteriores comentários.

A Rosa dos Ventos abriu o jogo, e muito bem. Boas perspectivas lançou.

O Dr. João Alberto, meu digníssimo primo, tem muita razão. E boas ideias.

O Pedro Micaelo, sempre voluntarioso, também.

O Portal Minderico, embora ande bastante "queimado" na consideração de muitas pessoas, poderá ajudar incentivando, e mesmo colaborando na organização de certos eventos. (Na sombra, ou mesmo invisivel, para não "estragar" à partida a eventual colaboração de outros Mindericos mais dados a "susceptibilidades" de liderança).

Sem querer entrar "numa de mandão", acho que começa a ser altura de se fazerem umas reuniões, a que poderei não ir, caso se entenda que a minha presença "ofenda" outros.

Acredito que a Sociedade Civil poderá e deverá e terá muito para dar, sugerindo aos nossos Políticos certas iniciativas.

É claro que meter políticos em certas coisas só poderá complicar. De "algumas" experiências que fiz em Minde no último ano ( eu sou um bocado "rato" às vezes), já deu para perceber que certos elementos integrados em Partidos Políticos, estão sempre de pé atrás, a ver para que lado pendem as coisas.

É que isto da colaboração "inter-elementos partidários" tem as suas "gaitas".

Há tempos um digníssimo militante partidário, de que não vou dizer o nome nem o Partido, saíu-se-me com esta : você nunca mais se define!!! Engoli em seco e pensei cá para comigo ... olha este à espera que o Portal Minderico se ponha ao serviço do partido dele. Vá esperando, sentado, que é para não se cansar (cof cof cof).

Enfim, acabei de chegar de assitir ao último James Bond, e venho um bocado "guerrilheiro" depois de ver tanta pancadaria e tiros.

Mas acho bem que se lancem ideias e objectivos.

Cada vez continuo mais convencido que os verdadeiros culpados do estado de coisas em que andamos é culpa de todos.

Dos que se deviam mexer mais porque são chorudamente pagos para isso, e dos que neles votam e não exigem.

Um abraço para todos, pás!

vmcs

krasiva disse...

Ainda bem k vejo as pessoas a mexerem-se , ou pelo menos a falarem. Parece-me que os mindericos estão meio adormecidos.
Eu sou jovem, se calhar um bocado utópica mas acho k se podia fazer muito por Minde, e sem ajuda partidária. Algo que tem proliferado no país são as associações de desenvolvimento local, que com a carolice da sociedade civil 1º e depois com uma dimensão mais técnica têm realizado interessantissimos projectos. (ver mais www.animar-dl.pt) E que tal pormos mãos à obra e fazermos algo com pés e cabeça.
Penso que uma coisa urgente será a qualificação da população. Não sei se repararam (nao tenho dados concretos) mas grande parte da população encontra-se desempregada. Há que encontrar alterativas, dar formação, apoiar projectos e ideias.

pm disse...

Boa Malha Krassiva.
Dei uma vista de olhos ao site, e realmente uma associação do género era ouro sobre azul.
Estou a gostar da tua postura e é de gente e juventude assim que é preciso em Minde.
Já agora, vou meter uma cunha :
O Grupo JAZZminde está empenhado em vários projectos para o próximo ano (mesmo fora da àrea do Jazz).
Aproxima-te e junta-te a nós, visto que a maior parte já estamos a ficar um pouco cotas e desesperadamente a necessitar de sangue novo (juventude e novas idéias)
Se quiseres contactar, basta um e-mail.
pm@minde.eu